Como é difícil contratar (bem) hoje em dia


Acredito que, se você contrata profissionais de desenvolvimento de software (e preza pelo bom senso quando o faz), sofre muito com essa questão hoje dia. Pior ainda quando você oferece serviço “compartilhado” de estruturas tecnicas onde contratar rapido é um diferencial de mercado (antigas fábricas de software – que não funcionam diga-se de passagem).

Tento prezar sempre por contratar bons profissionais. É difícil, leva muito tempo, cansa… Mas o resultado na maioria da vezes é satisfatório.

Mas e quando, por algum motivo, você não tem “todo o tempo do mundo” para realizar um processo seletivo decente? O pior acaba acontecendo, você contrata profissionais “pro gasto”.

Não é que a pessoa seja ruim, mas ela não é um diferencial de mercado. Muitas vezes essas pessoas trabalham somente pelo dinheiro, ou até gostam do que fazem… Mas tratam daquilo somente durante o “horário de expediente”. Ou seja, o cara é o famoso barriga verde

O que fazer então?

Minha dica (e o que tenho por experiência) é: invista (e forme) pessoas boas!

Pela minha experiência, e do time que trabalho, a melhor forma de ter um retorno de investimento sobre a sua contratação é formar o profissional. Procure achar uma pessoa que realmente tenha vontade de se tornar um desenvolvedor de qualidade, que queira fazer a diferença. E ajude a forma essa pessoa. Seja paciênte, invista, “perca seu tempo” com ela.

Ajude a formar trabalhadores do conhecimento no seu time.

Boa sorte!

PS: o texto é para reflexão, mas gostaria de saber o que a comunidade tem feito com relação a essa questão. Comentem!

  1. #1 by Thiago(reengenharia kkk) on 22 de março de 2011 - 00:25

    Realmente, essa é a nossa triste realidade, nos fazendo “tapar o buraco” com esse tipo de profissional.
    E sobre o programa de formação, 100% apoiado, vide hoje em dia na stefanini o grande time que se formou com esse programa.

(não será publicado)